Sistemas de Deteção de Gases

Os sistemas de deteção de gases mais comuns são os de deteção de CO.

Os sistemas de deteção de CO, são usualmente empregues nas zonas de parqueamento de viaturas de modo a monitorizarem e limitarem a concentração de monóxido de carbono nestes locais

Tipos de Deteção de CO

Existem duas tecnologias para deteção de gases: uma baseada em sondas convencionais e outra em sondas eletroquímicas.

A utilização de sondas semicondutoras em sistemas de deteção de gaz têm como inconveniente o facto de terem um tempo de vida média muito mais reduzido (cerca de 2 a 3 anos) dependendo do nível de contaminação e uma fiabilidade e um grau de precisão inferior ao da sonda eletroquímica, cujo tempo de vida vai em média de 5 a 6 anos

A solução de deteção de gases baseada em sondas semicondutoras tem um custo inferior quer ao nível dos detentores quer ao nível das centrais, pelo que é já uma solução considerada em instalações de pequena e média dimensão e de menor importância.

Ambas as tecnologias de deteção de gases são constituídas por

Detetores; Painéis óticos e acústicos; Central de monóxido de carbono com sistema de alimentação autónoma; Rede de cablagem de suporte do sistema

Os sistemas de deteção de gases combustíveis funcionam de modo similar aos do sistema CO, sendo as sondas adaptadas ao tipo de gás combustível em questão.

As centrais de deteção de gases são na sua generalidade modulares, equipadas com módulos compatíveis com as sondas utilizadas.

Em locais com risco de explosão, os invólucros das sondas deverão ser antideflagrantes.

*  SIEMENS  * DURAN  *  NOTIFIER  *  KILSEN  *